Julgamento X Aceitação


Atentemo-nos, todo tipo de JULGAMENTO nos aprisiona de alguma forma, pois confrontamos o livre-arbítrio do outro e assim ficamos amarrados a ele. Quando é um autojulgamento nos enredamos em nossa própria teia diminuindo nossa força.
Quando julgamos nossos pais e ancestrais, infringimos a lei da ordem, muitas vezes nos achando melhor do que eles, assim deixando de reverenciá-los e por vezes os excluindo. Desta forma está feito o emaranhamento no nosso sistema familiar.
Nenhum ser nasceu para nos agradar, assim como não nascemos para agradar alguém.
O que podemos desenvolver de forma que permaneçamos livres para ser quem somos e deixar o outro ser livre para ser quem é, é trocar julgamento por ACEITAÇÃO! E precisamos praticar isto desde o pensamento, minuto a minuto, até chegar nas palavras faladas e escritas. Isto é libertador!
Extremamente libertador!
Aceitar nossos erros e a partir daí fazermos os movimentos propícios para modificar o que sentirmos necessário nos nossos pensamentos e atitudes.
Ao observar algo que contraria nosso ser nas atitudes do outro, apenas aceitar, sabendo que o outro é o outro, outro universo, outras experiências que o fazem agir como age, aceitar que é inútil querer impôr nossa forma de ver, sentir e agir sobre o outro, querendo modificá-lo. Cada um é cada um, cada um tem seu próprio caminho de evolução a seguir. Aceitar é a chave! A chave que nos liberta!
Nossos pais são pessoas como todas as outras, com direito a errar, aprender, seguir seu caminho como sentirem no coração. Não são seres perfeitos, são tão humanos quanto nós. Se na sua caminhada, mesmo estando presentes, não nos deram tudo o que gostaríamos, se eles foram embora, não acompanhando nosso crescimento, entendamos e aceitemos que foi o que conseguiram fazer dentro da evolução deles, que até nas piores situações que passamos, no tipo de estrutura familiar, em tudo, há uma Inteligência Divina colocando as pessoas e situações certas, apropriadas para os aprendizados necessários à nossa evolução! Há um motivo Divino para termos este pai e esta mãe, há motivo Divino para tudo que acontece, e nós atraímos tudo, conforme o que precisamos aprender pois nós somos Divinos. Independente de quem são e como se comportaram ou se comportam, eles são nossos pais. Lembremo-nos: Chegamos aqui porque eles nos deram passagem! Este foi o maior ato de amor! Dar-nos a VIDA! Reverenciemos este ato, agradeçamos aos nossos pais por terem nos dado a vida! Façamos o melhor da nossa vida! Sejamos o melhor que pudermos ser na nossa vida! Deixemos cada um em paz para ser quem é, aprender o que precisar,o que quiser e se quiser! Deixemos de lado o julgar e a partir de já passemos apenas a ACEITAR!
Shalom!

Rosangela Barcellos Carvalho – 30 Nov 2016

Meditação do Sol

Lembrando que a cada inspiração e expiração profunda nos conectando ao nosso coração, estamos criando uma ponte interna que acessa nossa chama trina, nossa ligação com o nosso mestre interior, nosso EU SOU, nosso SER CRÍSTICO, nossa ESSÊNCIA, imagem e semelhança de DEUS que está em toda parte, fora e dentro de nós. Desta forma à medida que respiramos profundamente conectados com o nosso coração podemos sentir que somos PAZ,AMOR,ALEGRIA,PROSPERIDADE,SAÚDE PERFEITA! Daí a importância de tirarmos alguns minutos do nosso dia para apenas parar tudo e se autoconectar, respirando profundamente, sentado, coluna ereta, relaxando, cada um com o seu tempo. A sensação alcançada é tão boa que cada vez você terá vontade de experienciar mais e prá cada um será uma experiência distinta, experimente! Deixe-se ser comandado por sua Presença Divina EU SOU! Shalom!

MEDITAÇÃO DO SOL
Leve esta imagem do nascer do sol pro seu coração.
A cada inspiração profunda veja este sol crescendo gradativamente e a cada expiração vá liberando a escuridão que ali estava…gradativamente a cada inspiração e expiração…até sentir, ver, perceber que o sol cresceu, iluminou e tomou conta de todo o seu coração, de todo o seu ser. Bom fazer isto todos os dias de manhã ao acordar, assim sairás para o contato com outras pessoas totalmente iluminado com energia positiva, irradiando amor e conservando bons pensamentos e emoções, entendendo que cada pessoa tem o seu momento, a sua evolução, vc conseguirá emanar sua melhor energia sem se contagiar com ações negativas alheias!
Ahá metakiase (por todas as nossas relações)!

Rosangela Barcellos Carvalho – 01 Fev 2016

Precipitação

A precipitação é um processo que consiste em manifestar, a partir da Luz e da Substância Cósmica Universal, todo tipo de criação, através do pensamento e sentimento.

O Mestre Saint Germain  ensina como fazer uso desse Poder Criativo de forma dirigida, qualificada e positiva. Todo projeto de precipitação é individual e deve ser construtivo, honesto, respeitável e não pode ser algo fútil e banal, ligado à natureza inferior do homem(oriundas de energia concentrada por sugestões do mundo externo), pois isto certamente  irá gerar carmas negativos.É importante não envolver alguém em especial no seu projeto para não interferir no seu livre-arbítrio. A vontade do outro deve ser consultada e respeitada.

É fundamental ter consciência , de que durante  todo o processo criativo, é a energia de Deus que comanda o projeto. Deus é o autor, o Executor e a Obra realizada. Todo dom, capacidade, habilidade, talento, enfim, é doado por Deus. Se o homem julga que seus talentos pertencem à personalidade humana, corre o risco de se desviar do  caminho, podendo transformar-se num ser prepotente, arrogante, egocêntrico, fazendo questão de mostrar suas capacidades.

Durante todo o processo de precipitação as ferramentas utilizadas são os corpos mental e emocional. Se esses corpos não tiverem o nível de pureza necessário, o resultado pode não ser o esperado.Caso o homem não esteja se empenhando  em resgatar seus carmas e resolver suas pendências, desejando apenas conquistas e melhorias, poderá não ter merecimento para as suas realizações. O merecimento está diretamente  ligado ao empenho do ser humano em dissolver seus carmas e aperfeiçoar-se o máximo possível. “Através de uma veste impura a luz não pode brilhar”, lembre-se disto.

Os sete passos importantes em todo o processo criativo:

1. Vontade, querer: Tem que se querer algo construtivo com muita Vontade, Força e Fé, acreditando no Poder dessa Vontade de gerar aquela coisa. Nada pode impedir a realização desta Vontade. A Vontade é o Poder Magnético da Divindade. Nesse momento do processo de precipitação, atua a energia do Primeiro Raio. Raio Azul.

2. Idealização mental: É importante saber exatamente o que se quer, com todos os detalhes e com muita precisão. Os elementais que auxiliarão nesse processo construtivo precisam desta clareza para começar o trabalho. Se houver dúvidas ou indecisões isto vai atrapalhar, então é recomendado que se escreva o que se quer com todos os detalhes possíveis. Pode-se também desenhar, ou colocar uma imagem daquilo que se deseja anexada ao projeto de precipitação, isto propiciará que a imagem fique  cada vez mais clara em sua mente. Nesta etapa da precipitação o  Segundo Raio se manifesta. Raio Dourado.

3. Nutrir com amor e alegria: O sentimento colocado no projeto é fundamental para que ele se manifeste fisicamente. A forma-pensamento é criada quando o pensamento é associado ao sentimento, senão fica apenas uma idéia, um plano mental. Já que a forma que está sendo construída é edificante e  positiva, os sentimentos que devem estar presentes são amor e alegria. Sinta-se feliz, alegre, imagine-se e visualize-se com aquele objetivo alcançado. Nutra-o com muito amor, pois o amor sustenta a criação, atrai e mantém os átomos unidos. Aqui surge o poder coesivo; adoração, magnetização e gratidão. Sem amor nada é permanente, é a mola -mestra que impulsiona toda a criação; sem ele, tudo se dissolve no ar. A criação propriamente dita começa aqui, pois a criação é trina, mas também é sétupla. Nesse momento, o Terceiro Raio começa a atuar. Raio Rosa.

4Sustente a Pureza: É fundamental manter  o projeto original livre de qualquer valor humano, como condições materiais, crenças mentais, interferências negativas e limitantes, medo ou dúvida, enfim. Não deixe outra idéia interferir no projeto. Você não deve se preocupar com os meios com os quais irá alcançar seu ideal, deixe que Deus se encarregue disso; o Universo conspira a seu favor. Lembre-se de  que Deus é perfeição  e para Deus nada é impossível. Esse plano deve permanecer em absoluto sigilo e segredo, pois o silêncio concentra a energia, enquanto que a palavra projeta a energia, direcionando-a e expandindo-a. Pureza é atributo do quarto Raio. Raio Branco.

5. Concentração: Concentre-se no plano e leia-o sempre, visualize-o como se já estivesse realizado, pois no plano mental realmente ele já está concluído. No momento em que estiver trabalhando no projeto,  não permita interferências de nenhum tipo e canalize a sua energia para o trabalho. Concentre-se nessa imagem como uma Verdade Absoluta e dissolva toda e qualquer ilusão negativa. Nessa etapa do processo, o Quinto raio atua. Raio Verde.

6. Ritmo: O Ritmo é fundamental para que o projeto se manifeste. Quem impõe o ritmo é você(todos os dias, dia sim, dia não, uma vez por semana, os horários, enfim); uma vez estabelecido o ritmo, ele deverá ser cumprido. Mantenha essa disciplina, pois o ritmo, a ordem, a disciplina são sempre exigências no caminho do aperfeiçoamento. Afaste todo tipo de tensão ou ansiedade. Trabalhe  em seu projeto naquele dia ou horário previamente escolhido e depois não pense mais nele. Mestre Saint Germain indica que se faça sempre visualização antes de dormir, pois a imagem fica na consciência durante algum tempo sem perturbações (é no Grande Silêncio que o Poder e a Atividade de Deus ficam potencializadas). O Sétimo Raio é o Raio do Cerimonial, do Rítmo e da Constância e, na precipitação, ele se manifesta antes do sexto Raio.

7. Paz, serenidade: Mantenha-se tranquilo, sereno, em absoluta Paz. Esta é a certeza da realização. Não gere ansiedade em relação ao projeto, não estabeleça prazos, pois o tempo é relativo. Existe o tempo de Deus para que o projeto se realize e esse tempo não pode ser controlado pela personalidade humana. Lembre-se que tempo é uma condição humana; para Deus existe o Eterno Agora. Mestre Saint Germain diz que se você  estabelecer um prazo e não alcançar seu objetivo no tempo determinado, sua tendência é abandonar o projeto. Uma forma-pensamento nutrida ritmicamente não se dissolve com rapidez e se, em qualquer parte da Terra, um outro homem começar seu projeto de precipitação com um desenho tão parecido com o seu, ele instantaneamente atrai essa forma-pensamento e começa a nutri-la. Fazendo isso, pode concretizar o plano rapidamente, pois faltava muito pouco para que ele se manifestasse fisicamente. O Mestre Saint Germain diz que, às vezes, faltava apenas um dia  ou uma hora de trabalho para realizar o seu plano e que por ansiedade e por esperar a concretização do projeto em um determinado prazo, o homem o abandona.

Portanto, relaxe, fique em Paz, descanse na Paz de Deus e deixe que a criação seja selada com essa Paz. Esse é o Sexto Raio que se manifesta, selando a obra. Raio Rubi dourado.

A precipitação pode ser feita com diferentes objetivos, seja uma conquista material, mental, emocional ou mesmo espiritual. Você pode pode desenvolver um novo padrão mental, emocional, criar uma relação emocional perfeita(sem direcioná-la a alguém, eliminar ou criar um hábito físico, desenvolvera espiritualidade, enfim, o que quiser. Vamos exemplificar este processo criativo com um exemplo bem palpável, do plano físico: uma casa.

Imagine uma pessoa que deseja conquistar uma casa, pois vai casar ou quer sair da casa dos pais ou, ainda, quer parar de pagar aluguel. Avalie as condições para que o processo esteja em sintonia para consigo e co os outros, construtivo e respeitável, portanto a intenção é boa. Já o mesmo objeto de desejo, a casa, desejado por que já tenha um vasto patrimônio e quer ter mais, para investir e ter mais bens materiais ou simplesmente porque deseja enaltecer-se perante os outros, mostrando suas riquezas; pode ser honesto e construtivo, mas com certeza é fútil, ou seja,não é necessário, é apenas a satisfação dos apetites da natureza humana.Veja como o mesmo objeto de desejo pode ter intenções completamente diferentes e, portanto, energia também diferentes.

Muito bem, agora você tem todo um roteiro para fazer seus projetos de precipitações! Muita luz no seu caminho e grandes realizações! Mãos à Obra!

Shalom!

Rosangela Bracellos Carvalho

Fonte: Obra Eu Sou Eternamente Livre, Ensinamentos dos Mestres Ascensionados, de                                                          Luiz Carlos Silveira Dias Junior, Editora Divina Presença

 

 

Resiliência

Quando uma doença, acidente, acontecimento desagradável nos envolve, precisamos fazer um movimento:
REFLEXÃO para alcançar ENTENDIMENTO e assim podermos modificar nossas AÇÕES.
Nossa essência “EU SOU” é pura luz, paz, amor, verdade.
Quando fugimos muito do alinhamento com a nossa essência divina, algo acontece providencialmente para que tenhamos a OPORTUNIDADE de nos realinharmos.
Daí a necessidade de observarmos desde a raíz(nossos PENSAMENTOS) até os frutos(nossas AÇÕES).
Verificarmos que pensamentos estamos alimentando que estão nos levando ao orgulho, à vaidade, à raiva, ao medo, à insegurança, à ganância, ao egoísmo, etc?
O quanto estamos insistentemente alimentando estes sentimentos?
Estamos sendo capazes de mentir, iludir, enganar, esnobar, fugir, agredir, ofender, reprimir, etc?
Que leis universais estamos infringindo?
Como a toda AÇÃO cabe uma REAÇÃO, o universo devolve nossas ações desalinhadas com nossa essência divina, na forma de doenças, acidentes, situações desagradáveis, etc.
Então voltemos à raíz:
Pensamentos podemos escolher. Modifiquemos constantemente nossos pensamentos de baixa vibração. Se pensarmos negativamente, refaçamos o pensamento, reestruturando a frase, trocando palavras negativas por positivas.
Se estamos sentindo raiva, afirmamos a nós mesmos: Eu Sou Paz, Eu Sou Luz, Eu Sou Amor, várias vezes até dissolver a raiva.
Também podemos fazer invocações, orações, meditações pedindo aos seres de luz, mestres ascensos, arcanjos, anjos, enfim a Deus, que nos ajude nesta cura.
O Raio Violeta é muito eficaz na transmutação, banhemo-nos na sua luz e invoquemos os seres deste raio, pedindo que nos auxiliem a transmutar cada uma das negatividades que nos acompanham.
Assim nos alinhamos com nosso EU SOU e evitamos cada vez mais que as situações desagradáveis nos assolem. E mesmo que elas aconteçam, estaremos mais fortes e perspicazes para descobrir a causa e modificarmos nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, desenvolvendo assim, a RESILIÊNCIA, “fazendo do limão uma limonada”.

Rosangela Barcellos Carvalho – 23 Fev 13

Varinha Mágica

 

 

  
Quem na sua infância não se encantou com alguma estória que ilustrava as maravilhas realizadas com o auxílio de uma varinha mágica ou com as lindas viagens num tapete mágico voador?
Poções mágicas das bruxas, feitiços dos feiticeiros, oferendas em algumas religiões, velas aos santos, canções, mantras…tudo envolve magia que só ocorre, só se concretiza através da fé.
Pasme, pois não é só nos contos de fadas que encontramos magia. Podemos acessar nossa magia a qualquer instante!
O processo de desenvolvimento da fé tem um simples começo, que é também o começo da realização da magia.
Tudo começa através do nosso PENSAMENTO!
Eis aí a nossa VARINHA MÁGICA, o nosso TAPETE MÁGICO VOADOR, enfim, eis aí a nossa mais pura MAGIA!
Porém, cuidado! Aprenda a usar esta tão importante ferramenta que está à disposição de qualquer um de nós. Através dos nossos pensamentos podemos atrair qualquer coisa, qualquer situação. Poderemos atrair doenças ou atrair saúde, cura. É só uma questão de escolha. É um processo que exige um pouco mais de elaboração do que nos contos de fadas.
Precisamos aprender a prestar atenção aos pensamentos, construí-los de forma consciente e persistentemente repetí-los, assim vamos atraindo o que necessitamos para o nosso crescimento, desenvolvimento e evolução enquanto SER. Quanto mais atentos e perseverantes, melhores serão os resultados. Se nossos pensamentos e intenções forem baseados no amor, no bem comum, maior será a abundância alcançada. Com esta varinha mágica somos capazes de transformar emoções, sentimentos, palavras e situações. Somos capazes de criar os caminhos da nossa existência!
Temos poder de escolha, logo podemos escolher que tipos de pensamentos devem habitar nossa mente e isto fará com que escolhamos melhor que tipo de emoções e sentimentos queremos desenvolver.
Nosso cérebro acredita no que pensamos! Por isso podemos utilizar nossa varinha mágica para construir nosso tapete mágico voador!
Ao direcionarmos nossos pensamentos com a intenção de nos deslocarmos para algum lugar que gostamos, seja uma praia, a floresta, a montanha, etc, ao pensarmos no nosso contato com a água, com a terra, com o sol, com o ar, com as flores, com os pássaros, etc, nosso cérebro realmente nos leva a estes lugares, a estes contatos com as devidas sensações e com o que mais criarmos, imaginarmos, nos levando, inclusive a sentir as emoções de ali estarmos! Eis aí nossos pensamentos assumindo as funções do velho tapete mágico voador.
Então utilize sua varinha mágica em seu benefício e em prol das pessoas que necessitam, melhor dizendo , a favor do nosso planeta!

Rosangela Barcellos Carvalho